Topo

Para ter atitudes verdes é preciso repensar, reduzir, reutilizar e reciclar.

Para ter atitudes verdes é preciso repensar, reduzir, reutilizar e reciclar.

É da natureza que tiramos todos os recursos para viver bem: comer, morar, trabalhar, divertir-se. Mas o consumo excessivo leva ao limite dessas fontes. Como mudar esse cenário e ajudar o planeta? Repensar, reduzir, reutilizar e reciclar. São os famosos 4 Rs que estimulam você a ter uma postura mais consciente e ajudam a rever a relação que o ser humano tem com o consumo, o meio ambiente e com os próprios atos do dia a dia. Veja exemplos práticos de como aplicar os 4 Rs no seu cotidiano.
Repensar
Cada atitude que tomamos tem uma consequência direta para o meio ambiente. É preciso reavaliar e mudar a sua postura. Os gastos com a energia são compatíveis com as suas necessidades ou exagerados? Você consome só o que precisa? Ou também compra por impulso? Você abre mão de usar o carro por alguns dias? Lembre-se: não se trata de deixar de fazer, mas de fazer de uma maneira que respeite o meio ambiente.
Reduzir
A principal ideia é evitar o desperdício de tudo, sempre. Pense no seguinte: se você consome o que não precisa, gera um excesso desnecessário, difícil de administrar, e pode provocar a falta deste recurso no futuro próximo. Para reduzir é necessário criar novas soluções para o seu dia a dia que, com certeza, trarão muitos benefícios. A seguir, dicas para inspirá-lo.
Produza seus próprios temperos cultivando uma horta na sua casa.
Troque as sacolas de plástico do supermercado por caixas de papelão, sacos de papel ou por uma mochila ou sacola de pano.
Compre produtos a granel para diminuir a quantidade de embalagens descartadas.
Reutilizar
Devemos aproveitar a vida útil de um produto ao máximo. Conserte em vez de comprar, crie uma função nova para um objeto antigo, troque com amigos algo que não quer mais. Temos que dar vida e utilidade principalmente às embalagens. Assim, diminuímos o número de descartes e geramos economia doméstica. Veja algumas sugestões:
Utilize os papéis dos dois lados e só imprima se for realmente indispensável.
Aumente a vida útil de livros, jornais e revistas trocando com amigos.
Aproveite cascas e talos dos alimentos para preparar receitas criativas.
Faça doações. Lembre-se: o que não serve para você pode ser muito útil para outra pessoa!
Reciclar
A reciclagem transforma um item usado em um novo produto, que pode ser igual ou diferente. A prática resulta em economia de matéria-prima que é extraída da natureza. Para contribuir, adote a coleta seletiva em sua casa, depositando em lixos separados os descartes comuns e os recicláveis. Lembre-se que cerca de 30% do lixo são compostos por materiais que podem ser reutilizados de forma produtiva. Além de gerar empregos, a cultura do reciclar e seus agentes ajudam a diminuir o volume de lixo que vai para os aterros sanitários. Assim, toda a população ganha.
Fonte: Cartilha Pense Bem – Meio Ambiente produzida pela IPAS – Iniciativa Pró-Alimento Sustentável.
4R_500

Incorpore ao seu dia a dia os 4 Rs e tenha um comportamento ecologicamente correto.

É da natureza que tiramos todos os recursos para viver bem: comer, morar, trabalhar, divertir-se. Mas o consumo excessivo leva ao limite dessas fontes. Como mudar esse cenário e ajudar o planeta? Repensar, reduzir, reutilizar e reciclar. São os famosos 4 Rs que estimulam você a ter uma postura mais consciente e ajudam a rever a relação que o ser humano tem com o consumo, o meio ambiente e com os próprios atos do dia a dia. Veja exemplos práticos de como aplicar os 4 Rs no seu cotidiano.

Repensar
Cada atitude que tomamos tem uma consequência direta para o meio ambiente. É preciso reavaliar e mudar a sua postura. Os gastos com a energia são compatíveis com as suas necessidades ou exagerados? Você consome só o que precisa? Ou também compra por impulso? Você abre mão de usar o carro por alguns dias? Lembre-se: não se trata de deixar de fazer, mas de fazer de uma maneira que respeite o meio ambiente.

Reduzir
A principal ideia é evitar o desperdício de tudo, sempre. Pense no seguinte: se você consome o que não precisa, gera um excesso desnecessário, difícil de administrar, e pode provocar a falta deste recurso no futuro próximo. Para reduzir é necessário criar novas soluções para o seu dia a dia que, com certeza, trarão muitos benefícios. A seguir, dicas para inspirá-lo.

  • Produza seus próprios temperos cultivando uma horta na sua casa.
  • Troque as sacolas de plástico do supermercado por caixas de papelão, sacos de papel ou por uma mochila ou sacola de pano.
  • Compre produtos a granel para diminuir a quantidade de embalagens descartadas.

Reutilizar
Devemos aproveitar a vida útil de um produto ao máximo. Conserte em vez de comprar, crie uma função nova para um objeto antigo, troque com amigos algo que não quer mais. Temos que dar vida e utilidade principalmente às embalagens. Assim, diminuímos o número de descartes e geramos economia doméstica. Veja algumas sugestões:

  • Utilize os papéis dos dois lados e só imprima se for realmente indispensável.
  • Aumente a vida útil de livros, jornais e revistas trocando com amigos.
  • Aproveite cascas e talos dos alimentos para preparar receitas criativas.
  • Faça doações. Lembre-se: o que não serve para você pode ser muito útil para outra pessoa!

Reciclar
A reciclagem transforma um item usado em um novo produto, que pode ser igual ou diferente. A prática resulta em economia de matéria-prima que é extraída da natureza. Para contribuir, adote a coleta seletiva em sua casa, depositando em lixos separados os descartes comuns e os recicláveis. Lembre-se que cerca de 30% do lixo são compostos por materiais que podem ser reutilizados de forma produtiva. Além de gerar empregos, a cultura do reciclar e seus agentes ajudam a diminuir o volume de lixo que vai para os aterros sanitários. Assim, toda a população ganha.

Fonte: Cartilha Pense Bem – Meio Ambiente produzida pela IPAS – Iniciativa Pró-Alimento Sustentável.

Rede Comunicação